Lucy Alves, paraibana e finalista do ‘The voice Brasil’, vai cantar e tocar sanfona na Imperatriz

Finalista da segunda temporada do “The voice Brasil”, Lucy Alves, de 30 anos, cruzará a Avenida em 2016, com sua inseparável sanfona no carro de som da Imperatriz. A escola do Grupo Especial vai homenagear a dupla Zezé Di Camargo e Luciano.

Você participou da gravação do CD da Imperatriz. Como chegou à escola?

Meu pai conhece o Zé Katimba, que escreveu o samba e é paraíbano assim como eu. O Zé me apresentou a todos da escola, da baiana ao carnavalesco. Agora sou Imperatriz desde pequena (risos).

Qual é sua ligação com o carnaval?

Sempre acompanhei as apurações ainda quando era pequena. Em 2014, fui convidada para desfilar na Mangueira, representando o São João de Campina Grande. Mas este ano foi diferente, me envolvi com todo o processo, participei da gravação do CD e estarei no carro de som. Vou tocar e cantar ao mesmo tempo. Tenho um personal para me preparar e conseguir dar conta do trabalho.

Está nervosa?

Sempre fico nervosa quando me apresento. Ainda mais agora num palco tão diferente. Mas não quero mais sair do carnaval. Amei de vez a festa.

Você toca diversos instrumentos. Algum típico de bateria?

Não, mas tenho vontade de aprender cuíca. Acho que consigo aprender, né? (risos)

Extra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *